Nunca antes, os princípios de economia escalável foram tão buscados no mundo empresarial, afinal, todo negócio procura formas de reduzir os seus custos e aumentar a sua produtividade. E para o setor bancário, a chave para alcançar a tão sonhada escalabilidade é a automação bancária.

Segmento que investe maciçamente em tecnologia da informação ― segundo dados da Febraban, o Brasil ocupa o 7º lugar em gastos com TI no setor bancário ―, os bancos utilizam a automação para melhorar processos internos e oferecer uma melhor experiência para seus clientes.

Mas como ela impacta ― e melhora ― a escalabilidade das empresas do setor? Neste post, vamos mostrar como a automação bancária e a tecnologia podem trazer vantagens para sua empresa e torná-la um negócio escalável. Confira!

Entenda melhor o que é escalabilidade

Para explicar de forma clara, podemos dizer que escalabilidade é o potencial que uma empresa tem de crescer, atendendo às demandas sem perder suas qualidades fundamentais.

Banco-do-Futuro

Em outras palavras, é um modelo de negócio em que a empresa possui a capacidade de aumentar o seu faturamento sem elevar proporcionalmente os seus custos ― com infraestrutura, contratações, produção, etc. Ou seja, as despesas não crescem na mesma proporção das receitas.

A automação bancária e o cloud computing

A melhor forma de conseguir escalabilidade no setor bancário é por meio da automação bancária aliada ao uso do cloud computing, tendência global de armazenamento de dados e compra de infraestrutura e softwares como serviço.

O uso do cloud computing possibilitou que os processos de automação bancária se expandissem, sem a necessidade de infraestrutura e de aumento da equipe, executando operações de forma eficiente e permitindo que o banco trabalhe sua sazonalidade sem aumento de despesas.

O cloud computing dispôs à automação bancária novas tecnologias que conseguem ler e gerenciar um número gigantesco de dados em poucos segundos, permitindo respostas precisas para processos complexos.

Isso traz uma melhor experiência para o usuário em plataformas como o internet banking e mobile banking, além de benefícios internos, como migração do data center, sistemas de colaboração, automação de fluxos operacionais, entre outros.

As vantagens do cloud computing para a escalabilidade

Diante dessas informações, fica fácil entender a relação entre a utilização do cloud computing pela automação bancária e a escalabilidade da empresa.

O cloud computing possibilita que operações em massa sejam efetuadas e tenham uma resposta precisa em questão de segundos. A flexibilidade dos seus mecanismos permite, por maior que seja a quantidade de elementos a serem analisados, que as informações sejam obtidas de forma correta e rápida.

Isso melhora os processos de forma global, gerando aumento de renda a custos reduzidos. Quanto mais rápido e eficiente são os serviços bancários e quanto mais eles alcançarem e puderem dar autonomia aos seus clientes por meio do internet e mobile banking, maiores serão os seus ganhos.

Por outro lado, a automação bancária aliada ao cloud computing permite que a tecnologia execute algumas operações, minimizando falhas, reduzindo despesas com contratações e infraestrutura e deixando a equipe de automação e TI focadas em estratégias para o crescimento da empresa.

Ou seja, por meio das tecnologias de cloud computing, a automação bancária possibilita que a empresa se desenvolva e cresça de forma escalável, reduzindo custos e aumentando a receita.

Curtiu o nosso artigo e quer ser o primeiro a conhecer novas tecnologias de automação bancária para o seu negócio? Assine a nossa newsletter!


Cadastre-se

RECEBA AS NOVIDADES SOBRE TECNOLOGIA E MERCADO BANCÁRIO