Aqueles que procuram saber quando a próxima crise financeira pode acontecer, devem marcar um lembrete para 1º de janeiro de 2018.

É quando uma série de novas regras estão programadas para entrar em vigor e que são suscetíveis para restringir ainda mais a capacidade de empréstimo e levar os bancos a só adiantar dinheiro para os melhores mutuários, o que poderia acelerar falências em todo o mundo. Como acontece com qualquer regulação financeira, no entanto, os efeitos começam a ser sentidos mais cedo do que a data de implementação.

Duas regras básicas estão programadas para 2018: a razão de alavancagem definida pelo Comitê da Basileia de Supervisão Bancária e International Financial Reporting Standard No. 9, definido pelo International Accounting Standards Board. Outras regras que exigem que os bancos parem de usar suas próprias medidas internas para avaliar o risco começam a ser introduzidas a partir do próximo ano.

Artigo completo: Bloomberg

 

Cadastre-se

RECEBA AS NOVIDADES SOBRE TECNOLOGIA E MERCADO BANCÁRIO