O Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS) aprovou, na última quinta-feira (29), novas taxas limites de crédito consignado. Para empréstimo pessoal, o percentual passa de 2,14% para 2,34%. Já para empréstimos feitos pelo cartão de crédito, a taxa sai de 3,06% para 3,36%. A mudança passa a valer somente com a publicação no Diário Oficial da União de Resolução do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), nos próximos dias.

Desde maio passado, o conselho já debatia o aumento dos juros. O sistema financeiro que opera o consignado pleiteava taxa limite de 2,48% para o empréstimo pessoal e 3,49% para a modalidade cartão de crédito – o que não foi aceito pelo governo, que apresentou contraproposta, elaborada pelo Ministério do Planejamento. O secretário de Políticas de Previdência Social, Benedito Brunca, explica que a intervenção do governo, ao longo das discussões, evitou que prevalecessem percentuais mais elevados, apesar da justificativa dos bancos de que haveria necessidade de atualização das taxas para acompanhar o cenário econômico atual.

 

Fonte: Previdência

 


Cadastre-se

RECEBA AS NOVIDADES SOBRE TECNOLOGIA E MERCADO BANCÁRIO