O banco digital é uma nova modalidade de empresa financeira, que tem chamado a atenção de especialistas pela sua capacidade de cooptar novos consumidores e criar uma experiência de uso dinâmica e flexível.

As empresas dessa área contam com meios digitais para atender a clientes, abrir novas contas e conquistar correntistas. Ficou curioso? Então saiba tudo sobre os bancos digitais abaixo!

Bancos digitais: uma nova forma de utilizar serviços bancários

A tecnologia trouxe grandes mudanças para diversos setores, especialmente ao mercado financeiro. E, nos últimos anos, com a popularização dos smartphones, novas alterações ocorreram.

Os dispositivos móveis criaram um mercado de consumidores, mais conectados e exigentes. Para atender às demandas desse público, os bancos digitais foram criados. Eles trazem uma nova forma de realizar investimentos bancários, com métodos flexíveis para atender clientes e um tripé estratégico para otimizar as suas operações, mantendo-se, assim, bastante competitivos.

Com tarifas baixas e maior flexibilidade, essas instituições tornaram o mercado financeiro mais dinâmico e atraente, mesmo para públicos jovens.

O tripé estratégico de um banco digital

Para garantir sua fatia de mercado, os bancos digitais usam um tripé estratégico, que permite ao negócio ter a capacidade de atuar lado a lado com grandes players do mercado financeiro, mesmo não tendo um grande porte. Esse tripé é baseado nos seguintes pontos:

A marca

Uma instituição financeira deve ter credibilidade. Bancos digitais trabalham continuamente para se tornarem confiáveis aos olhos de clientes e parceiros comerciais. Isso não só atrai novos correntistas, mas também auxilia na busca por investimentos e aportes financeiros.

A criação de uma marca sólida envolve:

  • estratégias de compliance;
  • processos de decisão bem definidos;
  • comunicação eficiente.

Assim, todo o mercado consegue avaliar os objetivos de médio e longo prazo da instituição, bem como a sua solidez.

Os produtos financeiros

Um dos principais fatores de atração de clientes das instituições financeiras é o pacote de serviços. Um banco digital investe na criação de planos que sejam alinhados com as necessidades de seus clientes. Isso inclui processos para a redução de tarifas e, em alguns casos, a possibilidade de criar pacotes flexíveis.

A experiência do consumidor

A captação de novos clientes pode ser feita pelos métodos mais inovadores do mercado. No entanto, é a experiência do consumidor que garante a fidelidade dos correntistas.

Nesse sentido, bancos digitais têm utilizado estratégias inovadoras para otimizar ao máximo a experiência de cada pessoa. Novos canais de comunicação são utilizados — como aplicativos e redes sociais.

Já a contratação de serviços ou a gestão financeira também pode ser feita em canais mais simples. Algumas empresas, por exemplo, permitem o envio de documentos via meios digitais, eliminando a necessidade de o correntista dirigir-se até uma agência bancária para abrir uma conta. Isso cria uma experiência simples, que se adapta às necessidades do consumidor.

O impacto das fintechs no mercado financeiro

As fintechs estão revolucionando o mercado financeiro. Com uma linguagem simples, pacotes de serviços flexíveis e estratégias de marketing eficazes, essas empresas criaram uma experiência para os seus correntistas, reduzindo barreiras e dando mais controle ao cliente.

Os processos de criação e gerenciamento de contas são desburocratizados. Solicitar um novo cartão, pedir um empréstimo ou realizar um investimento são atividades fáceis de serem executadas.

Por não possuírem agências físicas, os custos operacionais são reduzidos. Assim, mais clientes podem ser atendidos, com taxas menores e suporte 24 horas.

Os bancos digitais fazem parte de um grande grupo de fintechs que já possuem um público cativo e fidelizado. Você faz parte dele? Conte para nós: deixe um comentário!

atomics-beta

Cadastre-se

RECEBA AS NOVIDADES SOBRE TECNOLOGIA E MERCADO BANCÁRIO