O setor financeiro é o que mais demanda tecnologia entre todos os outros setores da economia. De acordo com pesquisa do Deutsche Bank, somente em 2013, o volume de gastos na área pelas empresas do ramo financeiro pode chegar a meio trilhão de dólares em âmbito global. E o Brasil não foge à regra. Em 2012, os bancos investiram mais 20 bilhões de reais na área de tecnologia.

“Mais do que ninguém, nós, do setor financeiro brasileiro, aprendemos no dia a dia a usar a tecnologia a serviço da eficiência operacional e do atendimento ao cliente”. Com essa mensagem, o vice-presidente da Federação Brasileira de Bancos –FEBRABAN, Wilson Levorato, abriu oficialmente o calendário do Ciab FEBRABAN 2014, no último dia 25. Marcada para 4, 5 e 6 de junho do próximo ano, a 24ª edição do Ciab terá como tema central “Estratégia digital no mundo hiperconectado”.

Levorato lembrou que o Ciab firmou-se como um dos maiores eventos de tecnologia e de soluções para o mercado financeiro do mundo e, sem dúvida, é o maior e mais expressivo da categoria na América Latina. Nos três dias de sua realização, são apresentadas novidades e soluções inovadoras para mais de 17 mil pessoas, que circulam pelos pavilhões do Transamérica Expo Center.

É para esse público numeroso e selecionado que, em 2013, mais de 140 expositores e 15 patrocinadores puderam exibir suas marcas e soluções inovadoras para o setor financeiro.“Assim como ocorre todos os anos, a realização do evento só é possível graças ao suporte e à participação efetiva dos nossos patrocinadores, expositores e apoiadores internos e externos”, disse o executivo.
Um dos sinais da importância do Ciab é que já no lançamento desta 24ª edição foram vendidas quase 80% da área de exposição total e mais de 10 cotas de patrocínio.
Inovações – Ao longo dos anos, procurou-se consolidar o Ciab como um megaevento em termos de público e expositores, com benefícios não comparáveis com eventos da mesma categoria, realizados no Brasil e no Exterior. A área de exposição e dos auditórios tornou-se mais atrativa. Foram criados novos espaços (Espaço Inovação, Empreendedor e Espaço Internacional) para ampliar o potencial de inovações e soluções a serem apresentadas na área de tecnologia bancária. Eventos promovidos durante o Ciab, como o jantar de confraternização, possibilitam a realização de networking com 2 mil pessoas. Além disso, há uma política de melhoria contínuana infraestrutura de estacionamento, no credenciamento, na segurança e nas estruturas dos auditórios.

O diretor setorial de tecnologia e automação bancária da FEBRABAN e diretor executivo de operações, tecnologia e serviços do HSBC Bank Brasil, Marco Tavares, falou sobre o tema do Ciab em 2014. “Nosso desafio é levar os nossos bancos para os diversos ambientes, às casas das pessoas, por exemplo, evoluindo para novas funcionalidades, que permitam ao cliente fazer uma melhor gestão de seus recursos financeiros em um ambiente de comodidade, segurança e rapidez.”
Por isso, temas como a maneira como a nova geração se comunica com o banco, tendências da internet e mobile banking, a evolução do social banking e canais eletrônicos intuitivos estarão na pauta do próximo Ciab.

Fonte: Ciab.org.br

atomics-beta

Cadastre-se

RECEBA AS NOVIDADES SOBRE TECNOLOGIA E MERCADO BANCÁRIO