A inovação faz parte de qualquer mercado, e, cada vez mais, a necessidade de implementá-la nos negócios fica latente, não só porque o viés tecnológico está acelerado, mas também em razão da busca por oferecer a melhor experiência possível aos clientes.

As experiências digitais têm grande destaque nesse cenário, visto que facilitam o relacionamento entre a instituição e o cliente. Ao tornar esse ponto mais acessível, a relação melhora como um todo.

Esse é o principal ponto que influencia a inovação no mercado financeiro. Para detalhar um pouco mais sobre como isso funciona, listamos uma série de dicas sobre o tema. Confira!

Otimizar a área de TI

Sabemos que inovação e uma boa gestão de TI estão totalmente ligadas. Por esse motivo, é fundamental otimizar os processos e, assim, direcionar melhor os trabalhos.

Quando falamos em otimização, precisamos mencionar alguns aspectos importantes nesse sentido. Dentre eles, a definição de metas de desempenho, o auxílio de ferramentas de testes (inclusive automatizadas), o uso do cloud computing, e a criação de uma metodologia de suporte rápida e eficiente.

Ao ter essa organização, fica mais fácil disponibilizar ações mais concretas. Infelizmente, muitas empresas acham que inovar é somente investir em um aplicativo ou colocar algumas ferramentas novas em sua plataforma. A inovação vai além disso, depende de todo um direcionamento da empresa para atuar em alto nível nessa direção.

Investir em tecnologia

Por mais que pareça óbvio que, para inovar, é preciso investir em tecnologia, a questão vai muito mais além. O primeiro ponto é determinar qual tipo de tecnologia se encaixa nas suas necessidades e nas dos seus clientes.

Algo que outras empresas estão usando, inclusive com bons resultados, não significa necessariamente que vá servir para o seu caso. Então esse investimento passa, primordialmente, por um grande processo de pesquisa, que começa com um olhar interno e, após obter essas respostas, vai em busca de opções no mercado.

Ouvir as demandas dos clientes

Já que falamos em pesquisa, os clientes são uma ótima fonte para isso. A explicação é que eles estão sempre atentos ao mercado e lidam com a inovação no mercado financeiro na prática, especialmente quanto a transformação digital.

Podemos dizer que o perfil do cliente, em sua maioria, não se encaixa mais naquele sujeito que vai até o banco e precisa de um atendimento presencial para tirar dúvidas e resolver suas demandas. Assim, pesquisar para compreender qual a real necessidade deste novo perfil de cliente se torna essencial.

Para quem busca sugestões, é ótimo, pois permite, até mesmo, entender um pouco mais do impacto das ações da concorrência nesse sentido. Além disso, inovar está totalmente atrelado a esse olhar clínico, a perceber antes dos demais uma necessidade e a conseguir apresentar essa solução ao público assim que possível.

Buscar os parceiros certos

Como em tudo na vida, precisamos de um bom parceiro, na busca pela inovação no mercado financeiro, isso não seria diferente. Contar com a ajuda de uma empresa especialista é muito importante não só para encontrar as soluções mais adequadas, mas também para deixar que esse processo não tire o foco de outras ações importantes no gerenciamento da instituição.

Retomando a importância da pesquisa, especialistas constantemente estão fazendo isso e mais: testando, na prática, o que funciona e o que não funciona. Isso é ótimo para quem não está disposto a ficar investindo tempo e dinheiro no velho processo de tentativa e erro.

Gostou deste conteúdo sobre inovação no mercado financeiro? Que tal seguir as nossas redes sociais e conferir as novidades bacanas que postamos por lá? Aguardamos a sua presença! Estamos no Facebook, no Twitter, no Linkedin  e no YouTube!

Banco-do-Futuro

Cadastre-se

RECEBA AS NOVIDADES SOBRE TECNOLOGIA E MERCADO BANCÁRIO