Se você já acompanha nosso blog há algum tempo, provavelmente já leu algum post sobre a tecnologia blockchain e como ela pode ser utilizada no mercado atualmente. Essa tecnologia promete transformar os negócios que conhecemos e possui várias aplicações, principalmente para o setor financeiro, sendo o Bitcoin apenas uma delas.  Mas como os bancos podem se beneficiar dessa inovação tecnológica? Confira estas informações:

O que é Blockchain

O Blockchain é um banco de dados distribuído que mantém uma lista continuamente crescente de registros de dados, dificultando a manipulação e revisão. Literalmente, a palavra “blockchain” significa “cadeia de blocos”e é uma tecnologia para uma nova geração de aplicações transacionais que estabelece confiança, prestação de contas  e transparência enquanto simplifica de forma eficiente os processos de negócio. Confira este artigo completo sobre o que é o Blockchain.

O conceito de blockchain surgiu da necessidade de um trusted ledger para autenticar transações sem uma autoridade central. Com um foco inicial em cryptocurrencies, a tecnologia blockchain está sendo alavancada por novas aplicações, tais como contratos inteligentes e sistemas de negociação de ativos em todos setores.

Transferências seguras de valores só eram possíveis através de uma autoridade centralizada. A tecnologia Blockchain permite que o valor seja transferido de forma segura através de uma rede distribuída, sem a necessidade de uma autoridade central.

ebook-ocr

 

Oportunidades da tecnologia blockchain para bancos

A tecnologia blockchain vem desenvolvendo importante papel no mercado de valores e transformando definitivamente a face do comércio. Conforme estudos realizados em co-autoria pelo Banco Santander, o sistema blockchain pode eliminar até 20 bilhões de dólares de custos bancários. O banco, que é o 10º maior do mundo, também assegura que é possível utilizar o blockchain em mais de 25 aplicações bancárias. Confira no final do artigo ( O que é blockchain e como pode ser usado ) os Bancos que utilizam o Blockchain.

A principal vantagem da tecnologia blockchain está na transparência de todas as transações realizadas, independentemente de sua finalidade. As transações ocorrem de forma independente, por uma sistemática que não está sujeita à fiscalização de uma única autoridade, que pode inclusive ser falha, ou comprometida. Por essa razão, muitos bancos acabam se beneficiando dessa estrutura.

Já imaginou um sistema bancário altamente transparente e com mecanismos coletivos de verificação e segurança das informações? Esse é um modelo que evita fraudes, garante a criptografia dos dados a respeito de cada transação e ainda independe da necessidade de se confiar na cadeira de agentes financeiros envolvidos. Ou seja, é um modelo de organização de transações que poderia ser aplicado até mesmo entre desconhecidos, já que sua própria estrutura foi arquitetada para garantir total eficiência, transparência e confiabilidade.

Maurício Alban, Chief Data Architect do banco Itaú, realizou uma palestra muito interessante sobre o Blockchain no Ciab Febraban 2016 e apresentou algumas oportunidades do Blockchain para os Bancos, confira:

Cross Border Payments :

  • Remessas Internacionais sem riscos e sem exigência de garantias em dinheiro;
  • Operações de câmbio imediatas.

Desafios: escalabilidade e regulação.

Benefícios: velocidade, disponibilidade e Redução de custos.

 

Know your customer: 

  • Praticidade na comprovação de identidade;
  • Compartilhamento de dados entre instituições e ampliação da capacidade de análise de comportamento de clientes;
  • Redução de intervenções manuais (Backoffice) e falsos positivos;
  • Prevenção a Lavagem de Dinheiro (AML).

Desafios: governança e regulação.

Benefícios: velocidade, redução de custos e redução de fraudes.

 

Rewards: Programa de fidelidade

Permite criar um novo sistema de pontos em que o cliente possui uma wallet capaz de creditar e debitar pontos de qualquer parceiro e/ou emissor, fazendo com que seus pontos tornem-se um bitReward. Uma vez adquirido os pontos, eles automaticamente são creditados na sua carteira, sem data de expiração.

Desafios: gestão de identidade.

Benefícios: velocidade Redução de custos.

 

Negociação de Debentures

Blockchain para controlar o processo de emissão e negociação das debêntures, no mercado primário, como também no mercado secundário.

Desafios: governança regulação, escalabilidade e gestão de identidade.

Benefícios: velocidade e Redução de custos.

 

Comércio Exterior

Permite a rastreabilidade segura de certificações e outras informações de Supply Chain. Possibilita a automatização do fluxo do dinheiro baseado nos resultados dos fluxos de bens.

Desafios: regulação, governança, escalabilidade e gestão de identidade.

Benefícios: velocidade e redução de custos.

 

FinTechs, Blockchain e os Bancos

Você já ouviu falar sobre Financial Technology, ou FinTech? Esse conceito faz referência a tecnologias disruptivas do setor de finanças, as quais têm revolucionado a forma com que empréstimos, transferências, seguros e outras operações financeiras são realizadas, reformulando os processos dos serviços financeiros. Tecnologias mobile, formas de pagamento, verificações de segurança de usuários, gestão de recursos, criptografia de dados e outras inovações desse mercado permitiram maior agilidade na troca de informações, segurança e eficiência.

As Fintechs e os Bancos possuem necessidades e desafios bem diferentes. Os Bancos estão investindo em inovação, no entanto, eles ainda não difundiram completamente as estratégias de inovação dentro da organização. Enquanto isso, as start-ups estão tentando navegar na regulamentação. Os Bancos terão que encontrar meios de desenvolver novas plataformas enquanto supera as suas estruturas antigas. As Startups precisarão encontrar formas de escalar o negócio enquanto enfrentam aumentos regulatórios, altos custos e maior infraestrutura, que irá dificultar as mudanças e o seu gerenciamento.

O mercado mudou com o surgimento das Fintechs e o Blockchain é uma oportunidade para os Bancos maiores se adequarem a essa nova realidade de custos extremamente baixos. A tecnologia blockchain tem tudo a ver com as FintTechs, pois se encaixa nessa nova sistemática de organização financeira, especialmente no que diz respeito a criptomoedas, como a Bitcoin. Por meio dessa tecnologia, é possível armazenar transações, automatizar operações e torna-las mais acessíveis (próximas de custo zero, inclusive) para os usuários desses serviços, que as acompanham de casa, pela internet.

Bitcoin como o futuro das finanças

A Bitcoin é apenas uma das moedas virtuais que se utilizam da tecnologia blockchain para realizar suas operações. Basicamente, a criação de novas Bitcoins e a atualização do saldo de moeda de cada usuário são realizadas por meio de verificações automatizadas, seguindo a cadeia de operações transparentes e autônomas. Isso permite várias aplicações de marcado: transações, transferências, pagamentos, investimento (valor mobiliário), entre outras..

Como vários usuários podem aderir a esse mercado de moedas e realizar suas próprias operações online, o sistema também garante maior dinamismo econômico, o que é apenas uma das diversas vantagens da Bitcoin. O mercado de Bitcoins é também muito seguro, já que essas transferências evitam fraudes por meio de operações transparentes em blockchain, que são verificáveis. Além da segurança, há redução de custos devido à diminuição de intermediários nas operações. E a inovação não para por aí, já que várias startups perceberam o potencial de crescimento e das novas aplicações dessa tecnologia no mercado.

Outras Oportunidades:

De acordo com a pesquisa publicada no Harvard Business Review, o blockchain pode transformar negócios, governo e a sociedade de forma ainda mais profunda. Algumas oportunidades são:

  • Cartórios Digitais
  • Registro de patentes e propriedade intelectual
  • Carimbos de Tempo
  • Registro de descobertas científicas
  • Autoria de conteúdo
  • Votação digital
  • Contratos inteligentes

 

Casos de uso Global:

Smart Contract: 

  • Direitos Digitais
  • Loterias
  • Conta Escrow

 

Moedas Digitais

  • E-Commerce
  • Remessas
  • Pagamentos Globais
  • P2P

 

Ativos Títulos Valores Mobiliários

  • Ações / Títulos
  • Derivativos
  • Crowdfunding
  • Dívidas
  • Plataforma de Negociação

 

Registro

  • Votação
  • Propriedade Intelectual
  • Direito de Propriedade
  • Direitos Autorais
  • Prontuário Médico

 

Este quadro do William Mougayar reflete este cenário:

blocktech-servicos-financeiros

 

 

 

Versatilidade de operações

São várias as operações bancárias que podem ser realizadas por meio da tecnologia blockchain. Além da segurança, esse é um dos motivos pelos quais diversas instituições financeiras têm aderido a esse modelo de organização financeira. Por exemplo, é possível liquidar operações no mercado financeiro, controlar o registro de títulos e seus beneficiários, rastrear transações, armazenar documentos e contratos; assegurar a privacidade e proteção dos dados de usuários, entre outras funcionalidades cotidianas do mercado financeiro hoje em dia.

O que achou dessas informações sobre a tecnologia blockchain aplicada ao setor bancário? Que tal conferir também 6 práticas que podem revolucionar o modelo de atuação dos bancos atualmente?

atomics-beta

Cadastre-se

RECEBA AS NOVIDADES SOBRE TECNOLOGIA E MERCADO BANCÁRIO