Que a tecnologia vem avançando a passos largos, isso não é novidade. Porém, o que muita gente não sabe é como boa parte desses avanços acontece. No caso de análise rápida de dados e de tomada de decisões, as redes neurais se destacam como a principal possibilidade. Mas, você sabe o que são essas redes neurais? Para entender mais sobre o assunto, continue lendo e veja o que elas significam e como essa tecnologia pode ser aplicada nas empresas.

O que é rede neural?

A rede neural é um tipo de técnica computacional baseada em um modelo matemático que é inspirado no funcionamento do sistema nervoso do ser humano. Nas redes neurais, cada unidade é chamada de neurônio artificial e tem a capacidade de realizar um “pensamento” – ou seja, uma avaliação e processamento de informação.

Basicamente, cada unidade da rede neural atua de maneira local, mas totalmente interligada. Isso significa, que o resultado em uma unidade da rede afeta os resultados seguintes, levando a um processamento de dados lógico e acelerado. Essa interação acontece com a multiplicação dos dados por um peso preestabelecido. Com isso, é possível determinar quais são os dados mais importantes e, portanto, como acontece à saída dessas informações.

Quais as vantagens da rede neural?

Uma das maiores vantagens de contar com uma rede neural é o fato de que a análise de informações se torna mais rápida e mais precisa, já que ela é feita mediante um modelo matemático completo e altamente integrado.

Além disso, as redes neurais são ensinadas pelo exemplo. Isso significa, portanto, que é possível planejar e estabelecer uma série de projeções e cenários diferentes, garantindo o máximo de eficiência para essa técnica.

Como leva a uma economia de tempo, o uso de uma rede neural normalmente também ajuda na redução de custos devido à gestão de dados mais eficiente. O fato de auxiliar a tomada de decisão também faz com que os custos sejam reduzidos, já que se diminuem os riscos de erros e perdas em geral.

 

automacao_bancaria

Como aplicar esta tecnologia?

Já que são ensinadas pelo exemplo, a rede neural pode ser aplicada em uma infinidade de usos para diferentes negócios e setores. É o caso, por exemplo, de utilizá-la na análise financeira do negócio e pesquisa sobre a rentabilidade de investimentos em um determinado período.

No caso do setor financeiro, como em bancos e instituições financeiras, a rede neural pode ser utilizada para a realização de uma análise de crédito. Com os critérios definidos, fica muito mais fácil identificar se o cliente é elegível ou não para aquela linha de crédito.

Outras operações financeiras também se beneficiam do uso dessa rede, assim como a própria análise do risco operacional do banco. A avaliação de contratos e de documentação em geral também é uma possibilidade, assim como a previsão financeira e o uso para estratégias de negociação.

Assim, essa tecnologia pode ser utilizada com diferentes objetivos, inclusive e principalmente, no setor financeiro em que há um fluxo bastante elevado de informações que precisam ser analisadas diariamente.

A rede neural é uma técnica importante que cria uma inteligência artificial para avaliação de dados em geral. Com isso, ela garante uma redução no tempo necessário para tomar uma série de decisões, além de torná-las mais relevantes. Este fator é essencial para as empresas que buscam otimizar seus processos e tomar decisões mais acertadas, fazendo assim, que o negócio obtenha resultados significativos.

Ainda tem alguma dúvida sobre a rede neural e o seu uso? Não se esqueça de comentar e participar.

 

Conheça a Plataforma S-Works utilizada pelas Instituições Financeiras para automação de fluxos operacionais!

 

 

 

atomics-beta

Cadastre-se

RECEBA AS NOVIDADES SOBRE TECNOLOGIA E MERCADO BANCÁRIO